top of page

VEREADORES QUESTIONAM CEMIG SOBRE COBRANÇA DA TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DE PRODUTORES RURAIS

O agente regional de relacionamento da Cemig Luigi Cappuzzo participou de uma reunião com vereadores de Vazante para esclarecer alguns casos de cobrança da taxa de iluminação pública nas contas de propriedades rurais do município.

Os consumidores de energia do meio rural foram efetivamente isentados da taxa de iluminação pública por meio do Projeto de Lei Complementar 001/2018, aprovado pela Câmara Municipal e transformado em lei pelo prefeito Jacques Soares Guimarães em fevereiro deste ano.

A lei contraria o entendimento da Cemig de que a taxa também deve ser cobrada dos consumidores do meio rural, considerando que toda a população se beneficia da iluminação pública na cidade, nos distritos e povoados do município.

De acordo com Luigi Cappuzzo, apesar dos casos questionados pelos vereadores, após a instituição da lei, a Cemig suspendeu definitivamente a cobrança da taxa de iluminação dos consumidores rurais do município.

Ele esclareceu que os produtores rurais que receberem contas de energia com a cobrança da taxa devem procurar a Farmácia Essence, representante da Cemig, munidos da conta de energia e documentos comprovando a localização da sua propriedade.

Fonte: Cãmara Municipal de Saúde

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
2024-05-wn-camapanha-3-ofertas-banner-vazante.net.gif
bottom of page