top of page

Prefeitos, vice-prefeitos e vereadores eleitos em Presidente Olegário, Lagamar e Lagoa Grande são di

Os prefeitos e vice-prefeitos eleitos nos municípios de Presidente Olegário, Lagamar e Lagoa Grande, foram diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral. A cerimônia de diplomação aconteceu na tarde desta quinta-feira (17/12), no plenário de audiências do Fórum de Presidente Olegário. O evento foi presidido pelo Juiz de Direito Diretor do Foro da Comarca de Presidente Olegário, Dr. Manoel Carlos de Gouveia Soares Neto. Por causa da pandemia de coronavírus, não foi permitida a entrada de convidados. O evento contou com a presença dos diplomados, promotor Dr Bruno Marques de Almeida Rossi, prefeito de Presidente Olegário João Carlos Castilho, Delegado Dr. Vinicius Vol Vaz, tenente Rodrigo Souza, Yedda Maria Valle Donabela e imprensa.

Em Presidente Olegário foram diplomados o prefeito eleito Rhenys da Silva Cambraia, o Sargento Rhenys Cambraia (Cidadania) e Júlio Reis Pereira (PV) o vice dele. Os dois foram diplomados junto com os 11 vereadores eleitos no município: Pedro Osvando (PV), Moacir Soares(PV) e Markim Araújo (Avante). Reis Teles (Republicanos), Branco Teodoro (Cidadania), Mirsandra Pereira (Avante), Genilda Araújo (Republicanos), Tião Roberto (Cidadania), Clenia da Saúde (PV), Leandro Nunes Bodão (Republicanos) e Júnior Enfermeiro (Cidadania)

Em Lagoa Grande foram diplomados o prefeito eleito Edson Sabino de Lima, o vice-prefeito José Orlando Carneiro Borges, e os vereadores eleitos: Arlindo Braz, Rogerinho, Dilson do Zé Marcolino, Tal, Evanilton do Raio X, João Paulo Tumé, Eladio Lino, Daniel Constantino e Severino Reis.

Na cidade de Lagamar foram diplomados o prefeito eleito Auro Jose Pereira (DEM) e o vice- prefeito Isaac, e os vereadores: Bolivar, Geraldo Cantor , Zé Marelo, Joao Velho, Silas do Retiro, Ismael Marques, Bedon, Deivysson, Daniel Lopes.

No diploma consta o nome do candidato, a indicação da legenda sob a qual concorreu, o cargo para o qual foi eleito ou a classificação como suplente, e, facultativamente, outros dados a critério do juiz ou do tribunal.

A diplomação é o ato pelo qual a Justiça Eleitoral atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. A cerimônia acontece após terminado o pleito, apurado os votos e passado o prazo de questionamento da validade das candidaturas.








PO Notícias







3 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
2024-05-wn-camapanha-3-ofertas-banner-vazante.net.gif
bottom of page