banner-vazante-conexao-do-bem-jan2021-scaled.jpg

Grupo Globo na mira de inquérito administrativo do Cade e sofre sanções

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (SG/Cade) instaurou, nesta quarta-feira (2), um inquérito administrativo para apurar indícios de condutas anticompetitivas pelo Grupo Globo Comunicações.

As condutas teriam acontecido em contratos feitos com agências de publicidade.

A SG/Cade também impôs medida preventiva contra o grupo para impedir danos à concorrência que possam transcorrer das práticas.

Dessa forma, segundo o site Poder360, o grupo fica proibido de realizar novos contratos de plano de incentivo e de fazer adiantamentos, em contratos vigentes ou futuros, a partir da concessão da medida. Também está sujeito ao pagamento de multa se descumprir as obrigações previstas.

Nos “planos de incentivo“, o veículo de comunicação pode estabelecer maneiras adicionais de pagamento às agências, por exemplo, com a bonificação por volume.

Em nota após a notícia circular nas redes sociais, a Globo informou que “está avaliando as medidas legais cabíveis”.

0 visualização0 comentário