banner-vazante-conexao-do-bem-jan2021-scaled.jpg

Cidade mineira com 42 mil habitantes adota protocolo de tratamento precoce contra COVID e tem hoje 0

A cidade mineira de São Lourenço está sem paciente na UTI desde o último(06/03). A Prefeitura adotou o protocolo de tratamento precoce desde novembro de 2020. O Governo Municipal, por iniciativa do prefeito Lessa, disponibilizou para o Hospital São Lourenço (HSL) mais uma parte do prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 horas) para a unidade ampliar o número de leitos para atendimento de pacientes com Covid-19.

O espaço permitiu a unidade que implantasse mais 24 leitos de retaguarda. O HSL realizou obras de adaptação e adequação, adquiriu equipamentos e mobiliários médico-hospitalares e contratou mais profissionais para o cuidado.

Na área cedida ao HSL será implantada, futuramente, o serviço de fisioterapia da Prefeitura Municipal. Atualmente, na unidade hospitalar, tem quatro pacientes de São Lourenço internados em ala clínica, sendo três suspeitos e um confirmado. Na UTI não há nenhum paciente do município (02/03) segundo o boletim epidemiológico.

A constante redução dos casos em São Lourenço deve-se a uma série de medidas implantadas pela atual gestão municipal para tratar precocemente os pacientes. Entre as principais medidas estão a descentralização do cuidado para as Unidades Básicas de Saúde (UBS), descentralização da testagem, o tratamento precoce dos casos suspeitos com acompanhamento médico e disponibilização de medicamentos, força-tarefa entre as Secretarias Municipais e SAAE para que a vacina chegue mais rápido até as pessoas.

Sensibilizado, o prefeito Lessa destacou que o Governo Municipal não medirá esforços em ações conjuntas para salvar vidas. “Devido à grande demanda de encaminhamentos de pacientes com Covid 19 da microrregião e macrorregião e o Hospital de São Lourenço ser referência no tratamento para Covid 19, liberamos as duas áreas anexas a UPA para a montagem de leitos de suporte ao hospital”, disse Lessa.

Em uma postagem na rede social Instagram oficial, o HSL agradeceu a iniciativa. “Agradecemos ao prefeito municipal, Walter José Lessa, pela cessão do espaço na UPA (onde, futuramente, será o serviço de Fisioterapia da Prefeitura Municipal) que viabilizou a criação da Nova Ala Covid-19 do Hospital”.

DIA (01/03)

Um requerimento da Câmara Municipal de São Lourenço ao Prefeito Municipal, Dr. Walter José Lessa, convocando a Secretária Municipal de Saúde, Gislene Figueiredo para que explicasse o combate ao Covid 19 foi atendido em uma semana, que há muito tempo não é feito por parte do Executivo Municipal, mostrando sua competência e o profundo respeito pela Egrégia Casa de Leis.

Pois bem. Na tarde de ontem (01/03), a Secretária Municipal de Saúde esteve na Câmara Municipal atendendo os 13 vereadores. Na primeira parte da reunião, Gislene Figueiredo apresentou aos vereadores a legislação estadual em vigor que a Secretaria Municipal de Saúde segue, juntamente com a ordem de vacinação estipulada pela Deliberação que normatiza a questão. Ela fez questão de deixar claro que não há nenhum privilegiado e pontuou para os edis, dúvidas surgidas, provando que não há fura fila na cidade de São Lourenço.Durante sua explicação, a Secretária Gislene Figueiredo mostrou a evolução da Covid 19 em São Lourenço. Através do powerpoint, foi mostrado aos vereadores que a onda do Covid 19 teve início em novembro quando mostrou uma certa elevação, evoluindo em dezembro e janeiro de 2021. A Prefeitura de São Lourenço adotou o tratamento preventivo e com os números fechados em fevereiro é possível detectar uma queda de muita relevância que não pode ser deixado de lado e deve ser destacado. Prova disso é que nos números de São Lourenço não se registra internações na ala clínica há um bom tempo e temos apenas uma pessoa da cidade internada em UTI.     Logo após a explanação a Secretária Gislene Figueiredo respondeu as perguntas formuladas pelos 13 vereadores esclarecendo as dúvidas pertinentes a cada um.

Foi uma tarde onde todos puderam observar a seriedade com que a Prefeitura de São Lourenço, através da sua Secretaria Municipal de Saúde, vem combatendo o COVID 19 na cidade.

No dia 18 de Janeiro de 2021 a cidade chegou a ter pacientes internados nos leitos de UTI. Recentemente o prefeito de Itajubá anunciou que vai iniciar o tratamento precoce na cidade.

Fonte: https://www.saolourenco.mg.gov.br/noticia.php?id=1353 

1 visualização0 comentário