banner-vazante-conexao-do-bem-jan2021-scaled.jpg

Banco do Brasil renegocia dívidas via WhatsApp durante a pandemia

No começo do mês de agosto, o Banco do Brasil disponibilizou uma ferramenta que, via WhatsApp Business, permite atendimentos rápidos para negociar débitos durante a pandemia do coronavirus sem a necessidade do cliente ir a uma agência. A instituição diz que fechou mais de 800 acordos que somam mais R$ 7 milhões com uso da sua inteligência artificial desde que implementou o recurso.A ferramenta funciona através do WhatsApp Business, versão com funcionalidades exclusivas para contas comerciais. O novo recurso é bastante intuitivo, promovendo o contato direto entre banco e empresa. O grande foco são instituições de médio e grande porte, podendo renegociar até R$ 1 milhão por transação.Segundo o Banco do Brasil, os atendimentos online bateram o recorde do WhatsApp Business, chegando a mais de 5 milhões. Esse suporte teve sua demanda aumentada por conta dos cuidados em meio a pandemia do coronavirus, principalmente depois que as agências passarram a funcionar com horário drasticamente reduzido.shutterstock_1564920574.jpgAgências seguem trabalhando com horário reduzido e controle de entrada, para evitar aglomerações. Créditos: Eliseu Geisler / Shutterstock.comComo o atendimento funcionaPara realizar o atendimento pelo aplicativo, o correntista deve se conectar ao WhatsApp do Banco do Brasil enviando uma mensagem ao número (61) 4004-0001 com a hashtag “#renegocie”. O assistente virtual fornecerá as formas de pagamento disponíveis para a situação do cliente. Os boletos serão enviados via WhatsApp, podendo ser pagos em agência, de forma presencial, ou internet banking remotamente.O Banco do Brasil iniciou atendimentos online em 2017, mas serviço servia apenas para consultas, tanto de saldo quanto extratos. Apenas em 2018 foi permitido o uso do WhatsApp para transações utilizando a inteligência atificial. Negociações de débitos antigos nunca haviam sido feitas de forma online. Recursos de IA são considerados grandes aliados da empresa e também um grande avanço no atendimento ao cliente.A meta do banco até o fim de 2020 é arrecadar R$ 100 milhões através de acordos feitos pela ferramenta.Fonte: Agência Brasil

0 visualização0 comentário