banner-vazante-conexao-do-bem-jan2021-scaled.jpg

Após reclamações, PROCON vai ao CADE e à ANP contra preços dos combustíveis em Patos de Minas…

O PROCON de Patos de Minas resolveu agir contra os preços dos combustíveis na cidade. O coordenador do PROCON Municipal, Rafael Godinho, informou nesta quinta-feira (28) que solicitou fiscalização nos postos de combustíveis da cidade junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com Rafael Godinho, o PROCON de Patos de Minas recebeu dezenas de reclamações dos consumidores locais sobre a comercialização de combustíveis no município. Ele informou que o motivo do pedido de investigação por parte do CADE e da ANP foram as reclamações pelo elevado preço praticado, o não repasse da baixa de valores e, ainda, um possível alinhamento de preços por parte dos fornecedores.

O coordenador destacou que referidos órgãos federais possuem competência legal para tal finalidade, bem como possuem suporte técnico específico para esse tipo de atuação. “Salientamos que as agências reguladoras instigadas a fiscalizarem o comércio de combustíveis de Patos de Minas já autuaram alguns fornecedores em diversas cidades no país, inclusive capitais como Florianópolis e Goiânia”, ressaltou.

Rafael Godinho ainda registrou que o CADE já autuou uma operadora de plano de saúde no município de Patos de Minas em uma fiscalização ocorrida anteriormente. O coordenador concluiu dizendo que o PROCON de Patos de Minas segue lutando em defesa dos interesses dos consumidores patenses.

FONTE: PATOS HOJE

0 visualização0 comentário